Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-B69FW8
Type: Tese de Doutorado
Title: Para a família do Brasil: o cultivo do corpo e a diversão em Belo Horizonte nas páginas da revista Alterosa (1939 1945)
Authors: Gelka Arruda de Barros
First Advisor: Rafael Fortes Soares
First Referee: André Mendes Capraro
Second Referee: Ana Carolina Soares Costa Vimieiro
Third Referee: Cleber Augusto Goncalves Dias
metadata.dc.contributor.referee4: Maria Cristina Leite Peixoto
Abstract: Esta tese teve por objetivo investigar as mudanças da vida social de Belo Horizonte durante o processo de modernização da cidade por meio da análise das estratégias discursivas presentes na revista Alterosa durante o período de 1939-1945. A metodologia utilizada combinou análise de conteúdo de imagem e texto. A escolha deste modelo buscou captar os processos de produção de sentidos nas práticas sociais materializadas nessa revista. O periódico ilustrado, criado em Belo Horizonte em agosto de 1939, foi um importante propagador do ideal de modernidade que se procurava gestar naquele período, no qual a capital mineira vivenciava intensas transformações que acarretaram o desenvolvimento de uma nova dinâmica social na cidade. O contexto nacional estava marcado pelo projeto nacionalista do Estado Novo e pelo estreitamento das relações entre o Brasil e EUA por meio da Política de Boa Vizinhança que objetivava obter o alinhamento do país ao esforço de guerra norteamericano. Este cenário propagandístico era composto principalmente pelos meios de comunicação de massa, dentre eles, o cinema que irradiava a cultura norteamericana como referência de modernidade, mas a imprensa foi igualmente importante por exibir fotografias profusamente, afirmando certa visualidade na cultura urbana da cidade. Esse processo buscava afirmar hábitos e reconfigurar comportamentos sob a lógica da eficiência, em que a família conjugal ganhou centralidade como lugar estratégico para instituir a ordem social. Assim, o padrão corporal feminino foi redefinido visando a maternidade sadia para o aprimoramento da raça, ao mesmo tempo que o corpo masculino foi regulado objetivando sua adequação ao trabalho para o progresso da nação. Juntamente ao controle dos corpos, o discurso da modernidade valorizava a diversão e o cultivo do corpo como práticas modernas.
Abstract: This thesis aimed to investigate the changes of the social life of Belo Horizonte during the process of modernization of the city through the analysis of the discursive strategies present in the magazine Alterosa during the period of 1939-1945. The methodology used combined image and text content analysis. The choice of this model sought to capture the processes of meaning production in the social practices materialized in the magazine. The illustrated periodical, created in Belo Horizonte in August 1939, was an important propagator of the ideal of modernity that was sought to develop in that period, in which the capital of Minas Gerais experienced intense transformations that led to the development of a new social dynamic in the city. The national context was marked by the nationalist project of the Estado Novo and the narrowing of relations between Brazil and the United States through the "Good Neighbor Policy" aimed at achieving the country's alignment with the US war effort. This propagandistic scenario was mainly composed of the mass media, among them, the cinema that radiated the American culture as a reference of modernity, but the press was equally important to display photographs profusely, affirming a certain visuality in the urban culture of the city. This process sought to affirm habits and reconfigure behaviors under the logic of efficiency, in which the conjugal family gained centrality as a strategic place to institute social order. Thus the female body pattern was redefined aiming at healthy motherhood for the betterment of the race, while the male body was regulated aiming at its adequacy to work for the nation's progress. Together with the control of bodies, the discourse of modernity valued fun and cultivation of the body as modern practices.
Subject: Lazer
language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
Publisher Initials: UFMG
Rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-B69FW8
Issue Date: 26-Jul-2018
Appears in Collections:Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
gelka_barros_tese_vers_o_final_para_biblioteca__com_ficha_catalogr_fica_.pdf4.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.