Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-B8BGD7
Type: Monografias de Especialização
Title: Evidências científicas para a integridade perineal no parto
Authors: Marcia da Costa Souza e Souza
First Advisor: Flaviana Vely Mendonça Vieira
First Referee: Selma Rodrigues Alves Montefusco
Second Referee: Ieda Maria Andrade Paulo
Abstract: A lesão do períneo é um dos traumatismos mais frequentes durante o parto, mesmo naquele considerado normal. O objetivo foi avaliar as evidências para preservar a integridade perineal no período expulsivo do trabalho de parto. Trata-se de uma revisão integrativa realizada na MEDLINE, LILACS, SciELO. Foram encontradas 44 publicações que atenderam aos critérios de inclusão, apresentados em quatro categorias: características materna, fetais, parto e intervenções no períneo. Condutas, fortemente recomendadas como protetoras da integridade perineal: massagem com ou sem óleo no períneo no pré-natal ou na 2ª fase de trabalho de parto e compressas mornas no períneo. Outros aspectos de proteção: o peso do bebê ao nascer menor que 2,5 kg, a não realização da manobra de Kristeller, o parto com menos intervenção (ocitocina, indução, fórceps e episiotomia), o parto em local que não no hospital, a posição lateral esquerda da mulher no momento do nascimento, uso do cinto ergonômico inflado a pressões terapêuticas ideais (baby guard), a maior experiência do profissional que conduz o parto vaginal e a decisão em realizar ou não a episiotomia baseada nas melhores evidências científicas. Esta pesquisa embasará a construção de um Protocolo assistencial para o serviço de obstetrícia do Hospital Municipal de Iporá-GO que incluirá as condutas de proteção da integridade perineal, por meio das melhores evidências científicas disponíveis, visando a redução de intervenções, promovendo assim a diminuição das altas taxas de episiotomia e de lacerações do períneo.
Abstract: The injury to the perineum is one of the most common injuries during child-birth, even that considered normal. The objective was to evaluate the evidence to preserve the perineal integrity in the second stage of the parturition labor. This is an integrative review conducted in the LILACS, SCIELO, and MEDLINE. Forty-four publications were found that attended the inclusion criteria, presented in four categories: maternal characteristics, fetal, parturition and interventions in the perineum. Other protective factors: the weight of the baby at birth less than 2.5 kg, missing the Kristeller maneuver, delivery with less intervention (oxytocin, induction, episiotomy and forceps), the extra hospital birth, the left lateral position woman at birth, use of baby guard in optimal therapeutic pressures, the largest professional experience and the decision to hold or not episiotomy based on scientific evidence. This research will sustain the construction of a care protocol for obstetric service in the Municipal Hospital of Iporá-GO will include the protection of conduct of perineal integrity, through the best scientific evidence, in order to reduce interventions thus promoting the reduction of high rates of episiotomy and lacerations of the perineum.
Subject: Enfermagem Obstétrica
language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
Publisher Initials: UFMG
Rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-B8BGD7
Issue Date: 22-Oct-2015
Appears in Collections:Especialização em Enfermagem Obstétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tcc_vers_o_final_para_impressao.pdf659.11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.