Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-AAGFAJ
metadata.dc.type: Dissertação de Mestrado
Title: Descrição do ciclo biológico e análise do comportamento alimentar de Ornithodoros rostratus aragão, 1911 (acari: argasidae) em camundongos
metadata.dc.creator: Gabriel Cerqueira Alves Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Ricardo Nascimento Araujo
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Marcos Horacio Pereira
metadata.dc.contributor.referee1: Alessandra Aparecida Guarneri
metadata.dc.contributor.referee2: Daniel Sobreira Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: O Ornithodoros rostratus ARAGÃO, 1911 é um argasídeo encontrado na Bolívia, Paraguai, Argentina e Brasil. Além da ação espoliante exercida sobre seus hospedeiros, pode ser transmissor de doenças aos vertebrados. Até o momento, existem poucos trabalhos a respeito da biologia de O. rostratus e os poucos existentes na literaturaapresentam várias divergências. A fim de gerar uma maior compreensão a respeitodesses artrópodes, este trabalho teve como objetivo descrever aspectos importantes sobre o ciclo biológico da espécie e o comportamento alimentar em condições de laboratório. Trezentas larvas de O. rostratus foram alimentadas em camundongos Swiss e seu desenvolvimento até o estágio adulto foi acompanhado. Ninfas de quarto estádio tiveram o processo alimentar avaliado pelo eletromiograma e pela microscopia intravital. Os resultados mostraram que, para completar o ciclo em camundongos, O. rostratus passa por um estágio larval, até 6 estádios de ninfa e adultos machos e fêmeas.Adultos podem ser originados de ninfas 3 a 6. Larvas necessitaram de, em média, 2,7 dias para completar o repasto sanguíneo, enquanto os outros estádios levaram de 17,3 a 78,3 minutos. O período de pré-ecdise variou de 5 a 12,5 dias e após um repasto, fêmeas se mantiveram por, em média, 15,2 ± 5,8 dias em oviposição e liberaram 276,8 ± 137,2 ovos. A análise detalhada do comportamento alimentar identificou quatro eventos durante a hematofagia: sucção, salivação, movimentação das quelíceras e inatividade das peças bucais. A partir da frequência de ocorrência destes eventos, foi possível dividir o processo alimentar em duas fases: 1- formação do poço alimentar e 2 ingurgitamento. A fase 1 foi subdividida em três momentos que foram desde o contato inicial com o hospedeiro até primeiros sinais de sucção intercalados por eventos de salivação e movimentação das quelíceras. Na fase de ingurgitamento, a movimentação das quelíceras cessa e a ingestão de sangue acontece em complexos alimentares que sãocompostos por salivação seguida de sucção. A fase 2 apresentou quatro momentos caracterizados por: Fase 2a: sinais elétricos de sucção com formato irregular e frequência crescente ao longo do tempo; Fase 2b: sinais elétricos de sucção com formato regular e em alta frequência (>4 Hz); Fase 2c; sinais elétricos de sucção voltama ficar com formato irregular e com frequência decrescente; Fase 2d: sinais elétricos de sucção sem padrão definido. Os resultados obtidos adicionam novas informações sobre a biologia de O. rostratus, bem como sobre aspectos do comportamento alimentar de argasídeos em hospedeiros vertebrados.
Abstract: Ornithodoros rostratus ARAGÃO, 1911 is an argasid tick found in Bolivia, Paraguay, Argentina and Brazil. Despite the problems generated by the hematophagy on their hosts, they can be vectors of diseases to vertebrates. However, to date, there are few studies about its biology and the existing literature have several divergences. In order to generate a better understanding of these arthropods, this work aimed at describing important aspects of the life cycle of O. rostratus and its feeding behaviorunder laboratory conditions. For such, 300 larvae of O. rostratus were fed in Swiss mice and their development until the adult stage was followed. Fourth instar nymphs had their feeding process evaluated by the electromyogram and the intravital microscopy. The results showed that to complete the cycle in mice, O. rostratus passes through a larval stage, up to 6 nymphal and adult males and females. Adults may be originatedfrom nymphs 3 to 6. Larvae needed, in average, 2.7 days to complete the blood meal while the other stages spend 17.3 to 78.3 minutes. The pre-ecdysis period ranged from 5 to 12.5 days and after a meal females remained 15.2 ± 5.8 days laying 276.8 ± 137.2 eggs. A detailed analysis of the feeding behavior identified four events during blood feeding: sucking, salivation, chelicerae movements and inactivity of the mouthparts. Due to the frequency of occurrence of the events, the process was divided into two phases: 1 - formation of the feeding pool and 2 - engorgement. Phase 1 was divided in three stages renging from the initial contact with the host to the 1st suction signs interspersed with salivation events and chelicerae movements. During the engorgementphase, the chelicerae movements ceases and blood intake occurred in feeding complexes that comprise salivation followed by suction. Phase 2 had four stages characterized by: Phase 2a: suction electrical signals with irregularly shape and suction frequency increasing over time; Phase 2b: suction electrical signals with regular shaped and highfrequency(> 4 Hz); Phase 2c; suction electrical signals again with irregular shape but with frequency decreasing over time; Phase 2d: suction electrical signals with no pattern. These data add new information about the O. rostratus biology and aspects of feeding behavior of ticks on vertebrate hosts.
metadata.dc.subject.other: Parasitologia
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-AAGFAJ
Issue Date: 16-Oct-2015
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
disserta__o_gabriel_cerqueira_alves_costa.pdf1.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.