Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-BC6K3P
metadata.dc.type: Tese de Doutorado
Title: Dinheiro e política: a ocupação de cargos de destaque nas assembleias legislativas subnacionais
metadata.dc.creator: Dênisson da Silva Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Manoel Leonardo Wanderley Duarte Santos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Ranulfo Paranhos
metadata.dc.contributor.referee1: Bruno Pinheiro Wanderley Reis
metadata.dc.contributor.referee2: Bruno Carazza dos Santos
metadata.dc.contributor.referee3: Guilherme Wagner Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee4: Mariana Batista da Silva
metadata.dc.description.resumo: Em um sistema democrático é constante a preocupação com a influência dos grupos organizados nos resultados de políticas, até mesmo a captura sistemática da política por esses grupos. Uma das formas que os grupos de interesse organizados têm de influenciar a política é financiar campanhas eleitorais, seja para maximizar a chances dos preferidos obterem êxito eleitoral, seja para conseguir acesso ao Legislativo, o acesso a votantes ou acesso a controladores da agenda. Tomando esse argumento como referência, esta tese tem como questão central de pesquisa: qual o efeito da probabilidade de o candidato ocupar um cargo de controle de agenda sobre o financiamento de campanha empresarial? A fim de responder essa questão, tecnicamente sistematizamos uma base de dados com informações a partir dos sítios eletrônicos e pedidos de informação de 15 assembleias legislativas estaduais. Metodologicamente usamos estatística descritiva, modelo de regressão logística para estimar a probabilidade de um candidato/parlamentar ocupar um cargo de destaque, um modelo de regressão linear de Mínimos Quadros Ordinários (MQO) para testar a hipótese de que quanto maior for a probabilidade de ocupar um cargo de destaque maior é o financiamento de campanha por pessoa jurídica. O trabalho está divido em três capítulos: 1. enquadramento teórico e revisão de literatura centrada no caso brasileiro; 2. estimação da probabilidade de um candidato/parlamentar ocupar um cargo de destaque nas Casas Legislativas subnacionais para as legislaturas de 2007-2010, 2011-2014 e 20152018; e 3. teste de hipótese central da tese. Entre os resultados pode-se destacar que para todos os cargos, exceto liderança partidária, foi possível construir modelos preditivos bastantes eficientes, em especial para o cargo de presidente da mesa. Quanto ao teste de hipótese, o principal aprendizado com os modelos é que os financiadores custeam tanto quem já ocupou o cargo de destaque, quanto os que têm maiores probabilidade de ocupar. O cargo de presidente da Mesa Diretora merece destaque, pois apresentou um efeito médio de cerca de 5% sobre a receita oriunda de empresas, ou seja, a cada 1 unidade de probabilidade de ser presidente da Mesa Diretora incrementa cerca de 5% na receita vinda de pessoa jurídica. Esse efeito parece ser consistente, pois, o efeito dessa probabilidade é mais alto em vários cenários, comparando com as outras probabilidades, inclusive no cenário em que a variável ter ocupado cargo de destaque na legislatura anterior tem maior beta padronizado.
Abstract: In democratic systems, the influence of organized interest groups on policymaking is a persistent issue. One of the ways these groups shape policies is financing electoral campaigns, whether to increase the chances of electing politicians with similar interests, to get access to the legislative branch, or to secure the support of legislators endowed with agenda-setting powers. Taking this reasoning into account, this thesis main research question is: What is the effect of the probability of a candidate for legislative office occupy an agendasetting position on the campaign donations they receives from corporate donors? To answer this question, we assembled a dataset with information collected from both electronic websites and formal requests on 15 Brazilian state legislative chambers. Methodologically, we used descriptive statistics, logistic regression to estimate the probability of a given state legislative candidate occupying an agenda-setting position, and linear regression (OLS) to examine the main hypothesis that likely agenda-setters benefit more from corporate donations. This thesis is organized into three chapters: 1. theoretical framework and literature review focused on the Brazilian case; 2. estimation of the probability of candidates occupying agenda-setting positions in state legislative chambers for the legislatures of 2007-2010, 2011-2014 and 2015-2018; and 3. the examination of the thesis central hypothesis. Among other results, for all positions but the party leadership we were able to build highly efficient models to predict the occupation of agenda-setting positions, especially the one of house speaker. Regarding this thesis main hypothesis, we find that donors finance both previous agenda-setters as well as likely candidates to occupy these positions. In particular, the latter effect for the house speaker position on received corporate donations is about 5% or, in other words, for every additional unit on the probability of occupying that position candidates expect to receive about 5% more donations. This effect appears to be consistent, as the probability of holding the speakership is bigger than other probabilities in several different scenarios, including the one in which the previous occupation of agenda-setting positions have a greater standardized beta coefficient.
metadata.dc.subject.other: Eleições
Campanha eleitoral
Ciência política
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-BC6K3P
Issue Date: 22-Feb-2019
Appears in Collections:Teses de Doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
tese_denisson_silva_biblioteca.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.