Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/30354
Type: Monografia
Title: Benefícios da atividade fisica sobre a cognição em pacientes com esquizofrenia
Authors: Edilene Aparecida Moreira Silva
First Advisor: João Vinícius Salgado
Abstract: A esquizofrenia é um transtorno mental grave que tem graves consequências pessoais, sociais e econômicas. É caracterizada por sintomas positivos, que são caracterizados por psicose e delírios e sintomas negativos, como baixa motivação e isolamento social. Além desses aspectos da doença, a esquizofrenia é associada à deficiência em aspectos cognitivos, incluindo déficit na memória verbal, na velocidade de processamento e na compreensão das situações sociais. A atividade física na esquizofrenia traz benefícios na melhora da pressão arterial, composição corporal, controle da glicose e melhora geral do metabolismo. Além disso, é uma intervenção pode ser considerada benéfica em relação os déficits cognitivos, facilitando a recuperação funcional desses pacientes. Esta revisão integrativa teve como objetivo avaliar quais os efeitos de intervenções de atividade física sobre a cognição em pessoas com esquizofrenia. Foi realizada uma busca na base de dados PUBMED em Novembro de 2017, sem limite de tempo. Os resultados mostraram que a atividade física pode ser benéfica para esses pacientes, e a combinação do exercício físico ao treino cognitivo pode potencializar os efeitos do treino cognitivo nessa população.
Abstract: Schizophrenia is a serious mental disorder that has serious personal, social and economic consequences. It is characterized by positive symptoms, which are characterized by psychosis and delusions and negative symptoms, such as low motivation and social isolation. In addition to these aspects of the disease, schizophrenia is associated with deficiency in cognitive aspects, including deficit in verbal memory, processing speed and understanding of social situations. Physical activity in schizophrenia brings benefits in improving blood pressure, body composition, glucose control and overall metabolic improvement. In addition, it is an intervention that can be considered beneficial in relation to cognitive deficits, facilitating the functional recovery of these patients. This integrative review aimed to assess the effects of physical activity interventions on cognition in people with schizophrenia. A search was performed on the PUBMED database in November 2017, with no time limit. The results showed that physical activity may be beneficial for these patients, and the combination of physical exercise and cognitive training may potentiate the effects of cognitive training in this population.
Subject: Neurociências
Esquizofrenia
Cognição
Exercício
language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
Publisher Initials: UFMG
metadata.dc.publisher.department: ICB - DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E BIOFÍSICA
metadata.dc.publisher.program: Curso de Especialização em Neurociências e Suas Fronteiras
Rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/30354
Issue Date: 11-Dec-2018
Appears in Collections:Especialização em Neurociências e suas Fronteiras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC FORMATADO.pdf723.15 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.