Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/30372
metadata.dc.type: Artigo de Evento
Title: Relações de gênero e biblioteconomia: o que move o sexo masculino a ingressar em um curso majoritariamente feminino
metadata.dc.creator: Hugo Avelar Cardoso Pires
Ligia Maria Moreira Dumont
metadata.dc.description.resumo: As profissões ao longo do tempo foram se tornando mais femininas ou masculinas por características do trabalho e por tipo de atividade. A profissão bibliotecária se insere no contexto das profissões determinadas pela divisão sexual do trabalho, uma vez que se feminilizou, sobretudo, pelo aumento de sua tecnicidade, ligada à educação, à ordem, bons costumes, características tidas como femininas. Entretanto, observa-se nos últimos tempos no Brasil maior procura de homens pelos cursos de Biblioteconomia, sobretudo após os anos 1980. O objetivo da pesquisa foi investigar as razões que levam os homens a escolher o curso de Biblioteconomia, um espaço majoritariamente feminino. Foi realizada uma pesquisa social, de caráter histórico e descritivo, que consistiu em um levantamento tipo survey, com envio de questionário através da ferramenta Google Docs, para os Conselhos Regionais de Biblioteconomia das cinco regiões do país, que o repassaram para os bibliotecários inscritos após 1980. Tal década é o marco do crescimento do número de homens nos cursos de Biblioteconomia. Observou-se que esses são atraídos pelo curso por motivos variados, mas sobretudo pelos “motivos racionais”, como a oferta de curso noturno, a nota média de corte no vestibular mais baixa e, principalmente, a oferta de empregos e concursos. Ademais, observou-se que há pouca preocupação dos bibliotecários quanto às relações de gênero presentes na sociedade e na profissão de bibliotecário.
Abstract: The professions over time were becoming more feminine or masculine by work characteristics and type of activity. The librarian profession is female because of the context of professions determined by the sexual division of labor, mainly by the increasing of its technical nature, linked to education, order, good manners, characteristics thought to be female. However, it is observed in recent times in Brazil the increased demand for men by librarianship courses, especially after the year 1980. The objective of the research was to investigate the reasons that lead men to choose the course of Librarianship, a mostly feminine space. A social, historical and descriptive research was carried out. The research consisted of a survey, with a questionnaire sent through Google Docs tool for Librarianship Regional Councils of the five regions of the country, who passed on to after 1980 subscribers librarians. This decade is the growth landmark number of men in librarianship courses. It was observed that they are attracted to the course for various reasons, but above all by "rational reasons", such as evening classes, low cutoff score to enter in the course and, especially, the supply of jobs and contests. Moreover, it was observed that there is little concern of men librarians about the gender relations present in society and library profession.
metadata.dc.subject.other: Estudo de gênero
Biblioteconomia
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.publisher.department: ECI - DEPARTAMENTO DE TEORIA E GESTÃO INFORMAÇÃO
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/30372
Issue Date: 20-Nov-2016
Appears in Collections:Artigo de Evento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
enancib2.pdf847.09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.