Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/30533
Type: Monografia
Title: Eficácia do treinamento aeróbico na mobilidade de indivíduos com esclerose múltipla: uma revisão da literatura
Authors: Deborah Giulia da Rocha Bernardo
First Advisor: Júlia Caetano Martins
First Referee: Júlia Caetano Martins
Abstract: Introdução: Dentre as incapacidades mais prevalentes na Esclerose Múltipla (EM) pode-se citar o comprometimento da mobilidade que afeta consideravelmente a qualidade de vida desses indivíduos. Considerando o impacto do comprometimento da mobilidade nos indivíduos com EM e os benefícios do treinamento aeróbico para essa população, faz-se necessário compreender se essa modalidade terapêutica, utilizada de forma isolada, é eficaz para melhora funcional dessa população. Objetivo: Verificar a eficácia do treinamento aeróbico isolado na melhora da mobilidade de indivíduos com EM. Metodologia: Trata-se de uma revisão da literatura com buscas realizadas nas bases de dados: MEDLINE via PubMed, PEDro e SciELO no mês de julho de 2018. A seleção dos estudos e a extração dos dados foram realizadas pelo pesquisador principal e, em caso de dúvidas sobre a inclusão do estudo, houve discussão com um segundo examinador. As listas de referências dos estudos incluídos assim como as revisões sistemáticas já existentes sobre o tema foram consultadas para identificar outros estudos relevantes. Os critérios de inclusão dos estudos foram: a) ser ensaio clínico aleatorizado; b) envolver indivíduos com idade ≥18 anos com diagnóstico de EM; c) envolver intervenção de treino aeróbico isolado; d) envolver medidas de desfecho relacionadas à mobilidade. A qualidade metodológica dos estudos incluídos foi avaliada de acordo com a escala PEDro. Resultados: Dos 873 estudos identificados, 14 atenderam aos critérios de elegibilidade e foram incluídos na revisão. A maioria dos estudos obteve pontuação seis (50%) na escala PEDro sendo considerados estudos com boa qualidade metodológica. Diferentes instrumentos de medida foram utilizados para avaliação da mobilidade. O treinamento aeróbico isolado demonstrou melhora da mobilidade de indivíduos com EM, sendo os benefícios mais reportados na capacidade de exercício e na velocidade de marcha. Conclusão: O treinamento aeróbico isolado pode ser eficaz para a melhora da mobilidade de indivíduos com EM. O efeito dessa estratégia terapêutica em outras atividades relacionadas à mobilidade de indivíduos com EM, além da marcha, precisam ser melhor investigadas em estudos futuros.
Abstract: Introduction: Among the most prevalent disabilities in Multiple Sclerosis (MS), we can mention the impairment of mobility that significantly affects the quality of life of these individuals. Considering the impact of the impairment of mobility in individuals with MS and the benefits of aerobic training for this population, it is necessary to understand if this therapeutic modality, used in isolation, is effective for functional improvement of this population. Objective: To verify the efficacy of aerobic training alone in improving the mobility of individuals with MS. Methodology: This is a review of the literature with searches performed in the databases: MEDLINE via PubMed, PEDro and SciELO in the month of July 2018. The selection of the studies and the extraction of the data were carried out by the principal investigator, in case of doubts about the inclusion of the study, there was discussion with a second examiner. The reference lists of the included studies as well as the existing systematic reviews on the subject have been consulted to identify other relevant studies. The inclusion criteria of the studies were: a) be a randomized clinical trial; b) involve individuals aged ≥18 years with diagnosis of MS; c) involve aerobic training intervention alone; d) involve outcome measures related to mobility. The methodological quality of the included studies was evaluated according to the PEDro scale. Results: Of the 873 studies identified, 14 met the eligibility criteria and were included in the review. Most of the studies scored six (50%) on the PEDro scale, being considered studies with good methodological quality. Different measurement instruments were used to assess mobility. Isolated aerobic training demonstrated an improvement in the mobility of individuals with MS, with the most reported benefits in exercise capacity and walking speed. Conclusion: Isolated aerobic training may be effective in improving the mobility of individuals with MS. The effect of this therapeutic strategy on other activities related to the mobility of individuals with MS, besides walking, need to be better investigated in future studies.
language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
Publisher Initials: UFMG
metadata.dc.publisher.department: EEFFTO - ESCOLA DE EDUCAÇÃO FISICA, FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
metadata.dc.publisher.program: Curso de Especialização em Avanços Clínicos em Fisioterapia
Rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/30533
Issue Date: 6-Jul-2019
Appears in Collections:Especialização em Avanços Clínicos em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DEBORAH GIULIA ROCHA BERNARDO.doc.pdfAberto486.32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.