Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/31131
metadata.dc.type: Monografia (especialização)
Title: Estudo de desempenho de uma rota de processo de concentração magnética
metadata.dc.creator: Maurício Fillipe da Silva Lima
metadata.dc.contributor.advisor1: Rísia Magriotis Papini
metadata.dc.description.resumo: Atualmente, com a escassez de minérios granulados hematíticos, as empresas de mineração estão cada vez mais inseridas no cenário de minérios de baixo a alto teor de ferro e granulometria superfina. Eventualmente alguns minérios, com características fisico-químicas específicas, podem conter partículas do mineral de interesse liberadas ao ponto de não exigirem processos de cominuição e, posteriormente, de concentração por flotação, como usualmente é definida a rota de processo ótima. Para estes tipos de minérios, as etapas de classificação granulométrica e concentração em espirais e/ou concentradores magnéticos podem ser suficientes para se obter produtos que atendem às especificações de mercado. Ao longo do desenvolvimento da jazida, litologias e características diversas podem vir a compor o ROM em diferentes proporções. Logo, é imprescindível o conhecimento das características da jazida durante todo o sequenciamento da lavra, pois, haverá comportamentos distintos dependendo do minério dentro de uma instalação de tratamento. Assim, este trabalho propõe realizar um estudo de avaliação em uma rota de processo de concentração magnética, objetivando nos fluxos de alimentação, concentrado e rejeito, descrever a composição mineralógica e mensurar o grau de liberação, granulometria e química, além da recuperação mássica e metalúrgica, e assim, comparar os diversos comportamentos dos minérios na instalação de tratamento, em função da variação mineralógica do ROM. Observou-se nos estudos de caracterização que, a alimentação do circuito de concentração magnética estudado, apresenta alto grau de liberação, oriundo da própria característica do minério. As granulometrias das amostras dos fluxos de alimentação, concentrado e rejeito apresentam praticamente o mesmo comportamento quando comparadas entre si. Quanto à mineralogia, apesar da variação em termos de tipologia e seu percentual de participação na composição do ROM, não há desaparecimento ou variação brusca dos minerais presentes em todos os fluxos analisados, exceto para a goethita terrosa praticamente nula no fluxo de concentrado. A granuloquímica permitiu identificar que tanto para as amostras de alimentação, quanto para as de concentrado, há um enriquecimento do teor de ferro a medida que decresce a faixa granulométrica. O circuito de concentração magnética avaliado, apresenta eficiência condicionada a dois fatores principais: mineralogia e granulometria da alimentação. Observase que não ocorre concentração para a goethita terrosa pelo processo magnético, enquanto que a goethita botrioidal apresenta-se em baixa concentração. Além disso, cerca de 20% da granulometria de alimentação encontra-se abaixo do limite crítico de trabalho do equipamento de concentração magnética utilizado neste estudo. Assim sendo, este trabalho envolvendo estudos de caracterização em rota de processo de concentração magnética permitiu identificar os óxidos e hidróxidos de ferro presentes nos fluxos de alimentação, concentrado e rejeito, bem como conhecer o grau de liberação, distribuição granulometrica e composição química, mensurar o desempenho mássico e metalúrgico do circuito, identificar principais ganhos e perdas de eficiência, além de apresentar oportunidades de melhorias no processo e orientar para estudos futuros de caracterização. .
Abstract: Currently, the shortage of hematite lump ores, mining companies are increasingly inserted in the lower and high iron ore scenario and superfine grain size. Eventually some ores with specific physico-chemical characteristics, can contain mineral particles of interest released to the extent they do not require comminution process and then concentration by flotation, is usually defined as an optimal process route. For these types of ores, steps size classification and concentration in spirals and / or magnetic concentrators may be sufficient to obtain products that meet market specifications. Throughout the development of the deposit, lithology and several features are likely to make up the ROM in different proportions. Therefore, it is imperative to know the reservoir's characteristics throughout the sequencing of mining, because there will be different behaviors depending on the ore into a treatment works. This work proposes to carry out an assessment in a magnetic concentration process route, aiming the feed streams, concentrate and tailings, describe the mineralogical composition and measure the degree of release, particle size and chemistry, plus the mass and metallurgical recovery and thus compare the behavior of different minerals at the treatment works, due to the mineralogical changes ROM. It was observed in the characterization studies that the power of the magnetic circuit concentration studied, has a high degree of release, arising from the characteristic of the ore. The particle size of the samples of feed streams, concentrate and tailings have almost the same behavior when compared to each other. As for mineralogy, despite the variation in type and its percentage of participation in the composition of ROM, there's no disappearance or sudden change of minerals present in all streams analyzed, except for the almost zero earthy goethite in the concentrate stream. The chemical analisy identified that both the feed samples and for the concentrate, there is an enrichment of iron content decreases as the particle size range. The magnetic concentration circuit rated, has conditioned efficiency to two main factors: mineralogy and grain size of the feed. It is observed that there occurs concentration of earthy goethite by the magnetic process while botrioidal goethite present in low concentration. Furthermore, about 20% of the feed particle size is below the critical limit of the working magnetic concentration equipment used in this study. Thus, this study involving characterization studies on magnetic concentration process route identified the oxides and hydroxides of iron present in the feed streams, concentrate and waste, as well as knowing the degree of release, size distribution and chemical composition, measure the mass and metallurgical performance circuit, identify key profit and loss of efficiency, and present opportunities for improvement in the process and guide for future characterization studies.
metadata.dc.subject.other: Engenharia de minas
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.publisher.department: ENG - DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MINAS
metadata.dc.publisher.program: Curso de Especialização em Engenharia de Recursos Minerais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/31131
Issue Date: 6-Jul-2015
Appears in Collections:Especialização em Engenharia de Recursos Minerais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Pós Graduação_Maurício F S Lima_Junho 2015.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.