Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-9CRHKT
metadata.dc.type: Monografias de Especialização
Title: 5º. Dia saúde integral como estratégia para promoção e prevenção da saúde: a avaliação pela Equipe de Saúde da Famíla
metadata.dc.creator: Alessandra Cassia Nunes da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Erika Maria Parlato-oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Edison Jose Correa
metadata.dc.description.resumo: Trata-se de estudo retrospectivo, por meio de análise de prontuários de crianças nascidas vivas, em 2009, na área de abrangência da equipe de Saúde da Família do Centro de Saúde Jardim Filadélfia, Belo Horizonte, Minas Gerais. De acordo com os objetivos do estudo, foram detectadas 37 crianças nascidas vivas no ano, sendo realizado em todas as primeiras vacinações e o Teste do Pezinho negativo em todas. Dessas 37 crianças, 21 (56%) foram atendidas na ação 5º. Dia Saúde Integral. Das 21 que realizaram a ação, 13 não apresentaram nenhum fator de risco, 3 apresentaram dificuldades na realização do curativo umbilical, 4 apresentaram icterícia e 1 nasceu pequeno para a idade gestacional. Das 16 crianças que não receberam a ação, 11 o foram pela ausência do profissional enfermeiro e/ou por desinteresse dos responsáveis. Quatro recém-nascidos haviam sido retidos na maternidade por intercorrência de problemas no pré-parto, parto e pós-parto. Uma das crianças nascidas vivas não passou pela ação do 5º. dia porque no momento do nascimento e nos primeiros meses de vida não morava na área de abrangência. Na evolução clínica das 16 crianças que não receberam a ação do 5º. dia perceberam-se 41 intercorrências: 11 atrasos e dificuldades no agendamento da puericultura, 11 nãoavaliação odontológica, oral adequada, 11 sem orientação de agendamento do Teste da Orelhinha, 3 problemas respiratórios, 2 desmames precoces e perda de peso, 2 atrasos no cartão vacinal e 1 atraso no desenvolvimento. Entretanto, 13,51% (5) das crianças nascidas vivas no ano de 2009, que também não passaram pela Ação do 5º. dia, evoluíram sem intercorrências e sem dificuldades no agendamento da puericultura. Oito crianças foram retidas na maternidade devidas a complicações no pré-parto, parto e pós-parto.
Abstract: This is a retrospective study, through analysis of patient records, of children born alive, in 2009, in the area of family health team of Philadelphia Garden Health Center, Belo Horizonte, Minas Gerais. In accordance with the objectives of the study, 37 children born alive in the year, having all received the first vaccinations and tested for screening neonatal diseases - negative for all. These 37 children, 21 (56%) were met in action "5th. Day, Integral Health". Of 21 who performed the action, 13 not submit any risk factor, 3 presented difficulties in curing umbilical wound, 4 had jaundice and 1 was born small for date. Of 16 children who have not received the action, the reason was the absence of professional nurse and/or parents lack of responsibility. Four newborns had been retained in hospital by problems in pre-partum, childbirth and postpartum. One of the children born alive not passed by the action of 5th day because at the time of birth and during the first months of life is not lived in the area of coverage. In clinical evolution of 16 children who have not received the action realized himself 41 uneventful: 11 delays and difficulties in child care scheduling, 11 non-dental, oral assessment, 11 without guidance to schedule the hearing test ", 3 respiratory problems, 2 early weaning and weight loss, 2 delays in vaccination agenda and 1 delay in development ... However, 13.51% (5) of children born alive in 2009, which also failed "5th Day Integral Health", evolved uneventful and seamlessly in scheduling of childcare. Eight children were retained in parenting due to complications in pre-partum, childbirth and postpartum.
metadata.dc.subject.other: Estratégia saúde da família
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-9CRHKT
Issue Date: 18-Dec-2010
Appears in Collections:Especialização em Aten. Bas. em Saúde da Família EAD

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
monografia_alessandra_c_ssia_nunes_da_silva.pdf303.2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.