Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-9WPNF2
Type: Dissertação de Mestrado
Title: Do vazio ao objeto: das Ding e a sublimação em Jacques Lacan
Authors: Ariana Lucero
First Advisor: Angela Maria Resende Vorcaro
First Referee: Christian Ingo Lenz Dunker
Second Referee: Gilson de Paulo Moreira Iannini
Abstract: A dissertação se propõe a investigar o conceito de sublimação na obra de Jacques Lacan, a partir da definição paradigmática presente em seu Seminário 7: a sublimação eleva um objeto à dignidade da Coisa (LACAN, 1997 [1959-60], p. 140- 141). Para tal, primeiramente, abordamos a noção de das Ding, ou a Coisa, desde o Projeto de uma Psicologia (1895) de Freud até os desenvolvimentos posteriores que lhe forneceu a teoria lacaniana, ao aproximar a Coisa do Real. A seguir, analisamos os principais problemas que Lacan detectou nas definições freudianas de pulsão e sublimação, sobretudo no que se refere à idéia frequentemente mencionada por Freud, de que a sublimação se configuraria como uma mudança no alvo da pulsão. Ao mostrar que não há alvo natural pré-estabelecido para a pulsão, Lacan nos leva a pensar que toda atividade pulsional é sublimatória. No entanto, ao colocar o objeto no centro de suas reflexões acerca da sublimação, acreditamos que o psicanalista francês encontra uma nova via para pensar esse conceito. É o que, por fim, buscamos demonstrar com os exemplos do amor cortês e das obras de arte: há uma concepção particular de sublimação na obra lacaniana, que consiste em fazer uso de recursos Simbólicos e Imaginários para explicitar, na apresentação de objetos, um vazio próprio do Real.
Abstract: The dissertation intends to investigate the concept of sublimation on the work of Jacques Lacan, from the paradigmatic definition formulated in his Seminar 7: "the sublimation raises an object to the dignity of the Thing" (LACAN, 1997 [1959-60], p. 112). Thus follows, firstly, an approach of the notion of das Ding, or the Thing, from Freuds Project for a Scientific Psychology (1895) to its Lacanian developments, in which the French psychoanalyst relates das Ding to the Real. Secondly, the Lacanian critique of Freuds idea that sublimation involves a shift in drives aim is examined. As for Lacan drive has no natural pre-existing aim, every drive activity would be sublimatory if we were to embrace Freuds definition. Lacan, then, purposes his own concept of sublimation focusing on the relations between the later and the notion of object. Finally, we aim to demonstrate, from Lacans analysis of courtly love literature and some works of art that the refered Lacanian concept of sublimation consists in the explicitation of the empty proper to the sphere of the Real, through the use of Symbolic and Imaginary resources.
Subject: Freud, Sigmund, 1856-1939
Psicanálise
Sublimação
Lacan, Jacques, 1901-1981
Psicologia
language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
Publisher Initials: UFMG
Rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-9WPNF2
Issue Date: 26-Feb-2010
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
disserta__o_ariana_lucero.pdf1.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools