Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-AQJKKK
Type: Dissertação de Mestrado
Title: O conceito de ambivalência em D.W.Winnicott
Authors: Patricia Ferreira da Costa
First Advisor: Fabio Roberto Rodrigues Belo
First Referee: Ana Lila Lejarraga
Abstract: A postura teórico-clínica de Winnicott foi a de se colocar como um pesquisador incansável da Natureza Humana, aceitando o desafio de atender pacientes adultos e crianças difíceis durante quase cinquenta anos de clínica psicanalítica. Partindo dessa prática, ele trouxe inovações para a Psicanálise, especialmente na temática da ambivalência, um aspecto significativo de sua teoria geral da agressividade, que tem reflexos não apenas para o indivíduo, mas também para a sociedade. O presente trabalho pretende apresentar o conceito de ambivalência no pensamento de Winnicott, discutindo suas características no estágio do concernimento. Para isso, será feito um percurso teórico sobre o conceito de ambivalência em Freud e Melanie Klein, apontando elementos de convergência e divergência em relação à teorização winnicottiana. A partir da teoria do amadurecimento humano de Winnicott, serão tematizados alguns elementos dos estágios anteriores ao alcance da identidade unitária, que podem ser considerados condições para a constituição da ambivalência. Sendo assim, será apresentado como, no estágio do concernimento, ocorre tanto o alcance da ambivalência, pela integração dos impulsos destrutivos com os amorosos, como a capacidade para a manutenção dessa conquista ao longo da vida. Por fim, algumas contribuições a partir da compreensão winnicottiana do alcance, da perda ou do não-alcance da capacidade para a ambivalência, serão apresentadas como possibilidades para futuras pesquisas no campo psicanalítico.
Abstract: Winnicotts theoretical-clinical approach was to stand as a tireless researcher of Human Nature, taking on the challenge to attend to adult patients and difficult children during almost fifty years of psychoanalytic practice. From such practice, he brought innovations to Psychoanalysis, specially in the field of ambivalence, a significant aspect of his general theory of aggressiveness, which has consequences not only for the individual but also for society. The present work aims at presenting the concept of ambivalence in Winnicotts thought, discussing its characteristics in the stage of concern. In order to do that, a theoretical trajectory will be crafted on the concept of ambivalence in Freud and Melanie Klein, pointing out elements of convergence and divergence in relation to winnicottian theorization. From Winnicotts human maturation theory, some elements of the stages previous to the reach of unitary identity, which can be considered conditional to the constitution of ambivalence, will be thematized. Therefore, this work will present how, in the stage of concern, both the reach of ambivalence, by the integration of the destructive and love impulses, and the capacity for the maintenance of such conquest over ones lifetime, occur. Finally, some contributions from a winnicottian understanding of reach, of loss or of non-reach of capacity for ambivalence will be presented as possibilities for future research in the psychoanalytic field.
Subject: Psicanálise
Ambivalência
Winnicott, D W (Donald Woods), 1896-1971
Psicologia
language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
Publisher Initials: UFMG
Rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-AQJKKK
Issue Date: 17-Feb-2016
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_para_publicacao__correta_.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools