Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-AQVJ56
metadata.dc.type: Dissertação de Mestrado
Title: Avaliação da síndrome de Burnout em atletas de futebol da categoria sub-20 durante uma temporada esportiva
metadata.dc.creator: Camila Cristina Fonseca Bicalho
metadata.dc.contributor.advisor1: Varley Teoldo da Costa
metadata.dc.contributor.referee1: Mauricio Gattas Bara Filho
metadata.dc.contributor.referee2: Franco Noce
metadata.dc.description.resumo: A categoria sub-20 do futebol brasileiro representa para os jovens atletas um momento de decisão uma vez que esta antecede a categoria adulta do futebol profissional. Dentro dos clubes de futebol existe a pressão por vitórias e títulos por parte dos dirigentes e a até mesmo a cobrança interna entre os próprios atletas, além disso as cobranças externas da torcida e da mídia, o que pode levar à síndrome de burnout. Neste contexto, para melhor compreender a síndrome de burnout em atletas do futebol da categoria sub-20 são objetivos deste estudo: (a) propor uma tabela normativa para a frequência de sentimentos relativos às dimensões da síndrome de burnout e o burnout total para atletas de futebol da categoria sub-20; (b) identificar individualmente atletas de futebol da categoria sub- 20 que manifestem altos, moderados e baixos sintomas para as dimensões da síndrome de burnout e o burnout total nos três períodos (treinamento, competição e férias) da temporada esportiva. (c) comparar a incidência das dimensões da síndrome de burnout e o burnout total entre atletas de futebol da categoria sub-20 com baixo tempo de jogo e alto tempo de jogo durante uma competição. (d) Comparar o comportamento das dimensões da síndrome de burnout e o burnout total em atletas de futebol da categoria sub-20 nos três períodos (treinamento, férias, competição) da temporada esportiva. A amostra do estudo foi composta por 53 atletas de futebol da categoria sub-20 com idade média de 19,20 anos (±0,96) de quatro clubes, sendo dois clubes de futebol dos estados de Minas Gerais e dois do Paraná. Foram utilizados como instrumentos (a) o questionário de dados demográficos e (b) o QBA. A aplicação do QBA foi realizada em locais reservados nos centros de treinamento ou em salas/hotéis onde os atletas estavam hospedados durante a competição. A coleta de dados foi realizada nos períodos de férias, treinamento e competição (Campeonato Brasileiro de Futebol Sub-20) durante a temporada esportiva de 2014. Para análise de grupo os atletas foram divididos em baixo tempo de jogo (tempo de jogo 90 minutos), intermediário tempo de jogo (tempo de jogo entre >90 e <180 minutos), alto tempo de jogo (tempo de jogo 180minutos). O grupo intermediário tempo de jogo não foi considerado para a análise. Para as análises estatísticas foram utilizadas a estatística descritiva, mediana, mínimo, máximo e análise de frequência, confiabilidade ( de Cronbach), estatística inferencial teste de Shapiro-Wilk, Kruskal-Wallis, teste T, Friedman e Mann Whitney. Os procedimentos estatísticos foram calculados pelo pacote SPSS® (Statistical Package for Social Science) versão 18.0, Gpower® 3.1.9.2 e o Prisma ®, versão 6, sendo adotado o nível de significância de p<0,05 e p0,001. Os resultados mostraram que os valores do de Cronbach foram satisfatórios para as dimensões exaustão física e emocional e reduzido senso de realização esportiva e inconsistentes para a dimensão desvalorização esportiva. Sendo assim, a dimensão desvalorização esportiva não foi avaliada neste estudo. Foram identificados em relação aos níveis de frequência de sentimentos para a dimensão exaustão física e emociona 6 atletas com altos, 5 atletas com moderados e 6 atletas com baixos níveis. Para os níveis de frequência de sentimentos da dimensão reduzido senso de realização esportiva foram identificados 6 atletas com alto, 5 atletas com moderados e 8 atletas com baixos níveis durante toda a temporada esportiva de 2014. Na medida tempo de jogo, não houve diferença entre os grupos de atletas baixo tempo de jogo e alto tempo de jogo para a percepção das dimensões exaustão física e emocional e reduzido senso de realização esportiva de 2014. As dimensões exaustão física e emocional e reduzido senso de realização esportiva na análise geral dos atletas não apresentaram diferenças significativas durante os três períodos em que foram avaliadas na temporada esportiva de 2014. Conclui-se que o QBA apresentou problemas de confiabilidade do instrumento para a dimensão desvalorização esportiva, cabendo novas análises para verificar se o problema se mantém para amostras de atletas de futebol. O estudo mostrou que existem atletas da categoria sub-20 do futebol brasileiro que estão muito propensos a contraírem a síndrome do burnout, devido ao fato dos mesmos terem apresentados altos valores para as duas dimensões avaliadas. O tempo de jogo neste estudo não influenciou na percepção dos sentimentos de burnout nos atletas sub-20, sendo necessário monitorar várias competições dentro de uma temporada esportiva. Numa análise geral não houve diferenças significativas entre as dimensões exaustão física e emocional e reduzido senso de realização esportiva durante a temporada, demonstrando que as análises de grupo podem mascarar altas percepções individuais da síndrome de burnout em atletas, pois no estudo foram identificados casos de atletas que apresentaram altos níveis de frequência de sentimentos para ambas as dimensões. Em síntese, para o grupo de atletas de futebol de categorias de base sub-20 a síndrome de burnout pode ser melhor identificada individualmente do que em grupo.
Abstract: The U-20 Brazilian soccer category is a moment of decision for young athletes since it precedes the adult category of professional soccer. Within soccer clubs there is pressure to gain victories and titles exerted by the clubs leaders, fans and even high internal expectations by the athletes themselves, which can lead to burnout syndrome. In this context, to better understand the burnout syndrome in the U-20 soccer category the objectives of this study are to (a) propose a rules table to the frequency of feelings about the dimensions of burnout syndrome and total burnout for athletes of U-20 soccer teams, (b) to individually identify soccer players of the U-20 category who show high, moderate and low symptoms of the dimensions of burnout syndrome and total burnout in the three periods (training, competition, and holidays) of a sports season, (c) to compare the frequency of the dimensions of burnout syndrome and total burnout between soccer players with low playing time and high playing time during a competition and (d) to compare the behavior of the dimensions of burnout syndrome and total burnout in the three periods ( training, competition and holidays) of a sports season. The study sample consisted of 53 U- 20 soccer players at an average age of 19.20 (± 0.96) of two main football clubs in the states of Minas Gerais and Paraná. (a) The demographic data survey and (b) the QBA were used as the instruments. Data collection was carried out during holiday periods, training and competition (Brazilian U20 Soccer Championship) during the 2014 sports season. For group analysis, athletes were divided into "low playing time" (playing time 90 minutes), medium playing time"(playing time between > 90 and <180 minutes)," and high playing time "(playing time 180 minutes). The group "medium playing time" was not considered for analysis. For statistical analysis median, minimum and maximum descriptive analysis were used as well as analysis of frequency, reliability (Cronbachs Alpha), inferential statistics, the Shapiro- Wilk test, the Kruskal- Wallis test, test T, the Friedman and the Mann Whitney test. Statistical analyses were calculated by SPSS® (Statistical Package for Social Science) version 18.0, GPower® 3.1.9.2 and Prism®, version 6, and adopted the significance level of p <0.05 and p<0.001. The results showed that the values of Cronbach's were satisfying for the dimensions of emotional exhaustion and reduced sense of sporting self- fulfillment and inconsistent for the dimension of sporting contempt. Regarding the emotional frequency levels for the dimension of physical and emotional exhaustion, there were identified six athletes with high, five athletes with moderate and six athletes with low levels. Concerning the emotional frequency levels of the reduced sense of sporting self- fulfillment dimension, six athletes with high, five athletes with moderate and eight athletes with low levels were found throughout the 2014 sports season. Regarding playing time, there was no difference between the groups of athletes with "low playing time" and "high playing time" for the perception of the physical and emotional exhaustion, and the reduced sense of sporting selffulfillment dimensions of 2014. The dimensions of physical and emotional exhaustion and reduced sense of sporting self- fulfillment did not show any significant differences in the general analysis of the athletes during the three periods in of the 2014 sports season. In conclusion, the QBA displayed reliability problems of the instrument for the reduced sense of sporting self- fulfillment dimension, which creates space for new analyses to verify whether the problem with samples of soccer players persists. The study showed that there are many U-20 athletes in Brazilian soccer who are very prone to develop the burnout syndrome, due to the fact that they presented high values in both evaluated dimensions. Play time did not influence on the perception of burnout feelings of U-20 athletes, because it is necessary to monitor various competitions during a sports season. In a general analysis, there were no significant differences between the dimensions of physical and emotional exhaustions and reduced sense of sporting self-fulfillment during the season, demonstrating that group analyses can conceal high individual perceptions of the burnout syndrome in athletes, as there were identified cases where an athlete presented high emotional frequency levels in both dimensions. In synthesis, the burnout syndrome can better be individually identified for a squad of U-20 soccer players than in group.
metadata.dc.subject.other: Doenças profissionais
Futebol Treinamento técnico
Futebol
Atletas
Burnout (Psicologia)
Stress (Psicologia)
Esportes Aspectos psicológicos
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-AQVJ56
Issue Date: 21-Dec-2015
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
disserta__o_mestrado_camila_bicalho.pdf949.95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.