Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/EARM-7HASDL
metadata.dc.type: Dissertação de Mestrado
Title: O transporte coletivo por ônibus de Belo Horizonte: informação e subjetividade no trabalho
metadata.dc.creator: Geisa de Carvalho Silva Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: Helena Maria Tarchi Crivellari
metadata.dc.contributor.referee1: Ricardo Rodrigues Barbosa
metadata.dc.contributor.referee2: Ana Maria Pereira Cardoso
metadata.dc.contributor.referee3: Isis Paim
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho introduz uma reflexão sobre a emergência do sujeito na condição de trabalhador, através das interrelações entre informação, subjetividade e trabalho, temas que não poderiam ficar excluídos dos mecanismos e lógicas econômicas, sociais e tecnológicas da modernidade. É o setor de transporte coletivo urbano de Belo Horizonte que serve de base para que se possa falar sobre a vida, sobre o cotidiano, sobre o trabalho, sobre a subjetividade e sobre a informação em suas articulações teóricas, conceituais e metodológicas. Sob a perspectiva da psicanálise e do institucionalismo, o elemento diferencial deste estudo foi pensar, de forma ampla, a relação entre esses temas como produtora de subjetividade. Dessa maneira, foi possível encontrar na fala dos trabalhadores como eles se informam por si mesmos, como falam de suas necessidades e como estabelecem seus próprios entendimentos das questões que cercam suas vidas. A linha de pesquisa utilizada para este estudo foi a de natureza qualitativa, com entrevistas nas quais se abordam os elementos necessários ao processo de trabalho dentro, mesmo, do ambiente em que este trabalho transcorre, para a compreensão da representação coletiva que é elaborada sobre o motorista, o cobrador e os despachantes.
Abstract: This work introduces a reflection over the human beings emergency as a worker, through the interrelations among information, subjectivity and work, themes which could not be excluded from the economic, social and technological mechanisms and determinations of modern times. The public transportation sector of Belo Horizonte was taken as a base to talk about themes as life, quotidian, work, subjectivity and information in their theoretical, conceptual and methodological articulations. From the point of view of psychoanalysis and institutionalism, the differential element of this work was to think, in a broad way, about the relations among those themes as a subjectivity producer. Thus, it was possible to perceive in the workers speech how they establish their own understanding of questions surrounding them. The research approach used in this study was of qualitative nature, with interviews broaching requisite elements for the working process, inside the environment in which this work flows to the comprehension of the collective representation elaborated upon the driver, collector and the forwarding agent.
metadata.dc.subject.other: Gestão do conhecimento
Ciência da informação
Transportes coletivos Belo Horizonte (MG)
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/EARM-7HASDL
Issue Date: 22-Aug-2000
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mestrado___g_isa__de_carvalho_silva_ferreira.pdf550.35 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.