Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/ECIP-AZQHVH
Type: Dissertação de Mestrado
Title: GESTÃO DO CONHECIMENTO EM PROJETOS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O REGISTRO DE LIÇÕES APRENDIDAS COMO DIFERENCIAL ESTRATÉGICO EM UMA EMPRESA DO SETOR DE ENERGIA ELÉTRICA
Authors: Diógenes Bráz Rocha
First Advisor: Elisangela Cristina Aganette
First Co-advisor: Mauricio Barcellos Almeida
First Referee: Fabricio Ziviani
Second Referee: Benildes Coura Moreira dos Santos Maculan
Third Referee: Catia Rodrigues Barbosa
Abstract: ROCHA, Diógenes Bráz. Gestão do conhecimento em projetos: um estudo de caso sobre o registro de lições aprendidas como diferencial estratégico em uma empresa do setor de energia elétrica. 2018. 162f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Organização do Conhecimento) Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.A Gestão do Conhecimento tem ganhado destaque na prática empresarial, especificamente no que tange à Gestão de Projetos. Isso se deve ao fato da informação e do conhecimento serem considerados insumos estratégicos para a competitiva rotina organizacional. Um dos instrumentos utilizados pela Gestão de Projetos para melhor uso das informações, conhecimentos e aprendizado é o registro das Lições Aprendidas durante a execução de projetos. Estudos apontam que incorporar essa prática na execução dos projetos vem proporcionando uma economia significativa de tempo e de recursos, de modo que ações e práticas possam ser replicadas e problemas comuns evitados. Tanto os pontos positivos de cada projeto são registrados, quanto os problemas e suas respectivas soluções também, com intuito de evidenciar e assim prever possíveis riscos presentes emtrabalhos semelhantes. Em uma empresa do setor energético de grande porte, isso tem um peso ainda maior, devido ao grande número de projetos em andamento. Mesmo com evidentes vantagens da utilização dessas boas práticas, possíveis via registro das Lições Aprendidas, percebe-se que nem todas as instituições,juntamente com seus gestores de projetos, não o fazem. A presente pesquisa possui natureza descritiva e exploratória, no que tange os motivos de utilização (ou não) das Lições Aprendidas numa empresa nacional de grande porte. Trata-se de um estudo de caso, que utiliza a triangulação de métodos com análises quantitativas e qualitativas, dados obtidos em entrevistas presenciais e questionário onlinedirecionado aos gerentes de projetos. Ressalta-se que não se tem a pretensão de detalhar aqui o que são e as formas de gestão de conhecimento e de projeto existentes, mas sim, evidenciar motivos de utilização (ou não) das Lições Aprendidas nas diversas gerências, diretorias e superintendências da empresa pesquisada, a partir das informações obtidas pelos gestores, entre outras fontes, para que possam, a partir do uso dessa prática, produzir e gerenciar conhecimento interno para uma eficiente Gestão de Projetos, com consequente avanço de qualidade nos seus serviços e produtos e ganho competitivo. A análise dos dados coletados aponta para o entendimento de que o registro das lições aprendidas é umdiferencial ao bom gerenciamento de projetos, assim como a gestão doconhecimento produzido nesse processo é importante ativo organizacional, que deve ser retido, compartilhado e tornado uma boa prática. No entanto, principalmente pelas respostas coletadas pelo questionário, observou-se um desvio das melhores práticas recomendadas tanto pela literatura de GC (por meio de seus métodos de criação e gerenciamento de conhecimento), quanto pela GP (por meio de técnicas e melhores práticas, preconizadas principalmente no principal instrumento da área, o PMBOK), como o registro, o uso e o compartilhamento das LAs, disponibilização de uma base de dados/banco de lições aprendidas e melhores práticas.
Abstract: ROCHA, Diógenes Bráz. Project knowledge management: a case study on the recording of lessons learned as a strategic differential in a company in the electric power sector. 2018. 162p.Dissertation (Master in Management and Organization of Knowledge) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.Knowledge Management has gained prominence in business practice, specifically in what concerns to Project Management. This is due to the fact that information and knowledge are considered as strategic inputs for the competitive organizational routine. One of the instruments used by Project Management for better use of information, knowledge and learning is the recording of Lessons Learned during the execution of projects. Studies point out that incorporating this practice into the execution of projects has resulted in significant savings in time and resources, so that actions and practices can be replicated and common problems avoided. Both the positive points of each project are recorded, as well as the problems and their respective solutions as well, in order to highlight and thus predict possible risks present in similar works. In a large energy company, this has an even greater weight, due to the large number of projects in progress. Even with obvious advantages ofusing these good practices, possible through the recording of Lessons Learned, it is noticed that not all institutions, together with their project managers, do not. The present research has a descriptive and exploratory nature, regarding the reasons for using (or not) Lessons Learned in a large national company. It is a case study, which uses the triangulation of methods with quantitative and qualitative analyzes, dataobtained from face-to-face interviews and an online questionnaire directed to project managers. It should be emphasized that we do not pretend to detail here what are and the ways of managing knowledge and design, but rather, to show reasons for using (or not) the Lessons Learned in the various managements, directories and superintendencies of the company based on the information obtained by the managers, among other sources, so that, from the use of this practice, they canproduce and manage internal knowledge for efficient Project Management, with consequent quality improvement in their services and products and competitive gain . The analysis of the collected data points to the understanding that the registration of the lessons learned is a differential to the good management of projects, as well as the management of the knowledge produced in this process is importantorganizational asset, which must be retained, shared and become a good practice . However, mainly due to the answers collected by the questionnaire, there was a departure from the best practices recommended by both the GC literature (through its methods of creation and knowledge management) and GP (through techniques andbest practices, (PMBOK), such as registration, use and sharing of LAs, provision of a database / bench of lessons learned and best practices
Subject: Aprendizagem organizacional
Gestão do conhecimento
Ciência da Informação
Administração de projetos
language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
Publisher Initials: UFMG
Rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/ECIP-AZQHVH
Issue Date: 15-Dec-2017
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
disserta__o_di_genes_v_060618.pdf6.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.