Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/FACE-AKWJ6C
metadata.dc.type: Tese de Doutorado
Title: Mortalidade adulta por níveis de escolaridade no estado e município de São Paulo: uma proposta de estimação a partir do Censo Demográfico de 2010
metadata.dc.creator: Mirian Martins Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Cassio Maldonado Turra
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Cristine Campos de Xavier Pinto
metadata.dc.contributor.referee1: Simone Wajnman
metadata.dc.contributor.referee2: Bernardo Lanza Queiroz
metadata.dc.contributor.referee3: Marilia Miranda Forte Gomes
metadata.dc.contributor.referee4: Flavio Henrique Miranda de Araujo Freire
metadata.dc.description.resumo: O objetivo da tese foi investigar diferenciais educacionais da mortalidade adulta a partir dos dados da amostra do Censo Demográfico de 2010. Trata-se de uma proposta de estimativa a partir de uma base de dados alternativa à principal fonte de estudos de mortalidade no Brasil, o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde. Dentre as vantagens em usar o Censo, destacam-se: disponibilidade dados (microdados) tanto de sobreviventes quanto de óbitos, dentro de um mesmo período de referência; e variedade de informações sobre domicílios e indivíduos sobreviventes conviventes com os que sofreram óbitos. Por outro lado, as únicas informações individuais para os mortos são idade e sexo. Diante desta limitação, uma proposta secundária da tese foi apresentar uma metodologia de imputação da escolaridade dos indivíduos que sofreram óbito, utilizando imputação múltipla por regressão logística ordenada e imputação por modelo multivariado normal (MVN) usando algoritmo Expectation-Maximization (EM) e simulações. Para isso, foi selecionada a amostra do estado de São Paulo para desenvolver e validar a metodologia, para que futuramente ela possa ser aplicada ao Brasil. O modelo MVN se mostrou mais adequando na análise de consistência e validação dos métodos, etapa que contou com os dados de mortalidade do SIM para ser realizada. Após imputação da escolaridade dos mortos, as taxas de mortalidade por idade, sexo e escolaridade foram estimadas usando coeficientes obtidos por regressão de Poisson. Os resultados apontaram gradiente educacional da mortalidade significativo, sobretudo para os homens e para o município de São Paulo, comparativamente ao estado. Um ponto importante foi o comportamento do diferencial educacional da mortalidade por idade. A partir da revisão de literatura, uma hipótese era de um diferencial decrescente com idade. No entanto, o diferencial foi praticamente constante por idade. Para explorar esses resultados torna-se necessário entender a forma com a transição da mortalidade tem ocorrido no estado e como as medidas de período podem influenciar os resultados. É importante entender as relações entre período, idade e coorte para analisar o comportamento dos diferenciais de mortalidade por escolaridade. Além disso, deve-se levar em conta como o aumento do acesso à escolaridade tem elevado o nível educacional das coortes mais jovens no Brasil. Deve-se avançar nessas discussões, que não foram privilegiadas na tese. Quanto ao uso do Censo para estudos de diferenciais de mortalidade, os resultados dão uma perspectiva otimista. Embora exista uma expectativa de melhoria da cobertura e qualidade das informações de escolaridade do SIM, o Censo pode ser uma importante fonte para estudos de diferenciais socioeconômicos da mortalidade por ofertar outras características que podem complementar a análise do efeito da escolaridade.
Abstract: The aim of the thesis was to investigate differentials in adult mortality based on educational levels from the demographic sample data of 2010 Census. This is a draft estimate from an alternative database to the main source of mortality studies in Brazil, a Mortality Information System (SIM) of the Ministry of Health. Among the highlighted advantages of using the Census, are: the availability of data (micro data) on both the living and the dead within a reference period and variety of information on cohabiting households and surviving individuals with those who suffered death. On the other hand, the only personal information on the dead are age and sex. Given this limitation, a secondary proposal of the thesis was to present an allocation methodology on educational levels of individuals who have suffered death by using multiple imputation ordered logistics regression and imputation by normal multivariate model (MVN) using Expectation-Maximization (EM) algorithm and simulations. To achieve this, a sample was selected from the State of Sao Paulo to develop and validate the methodology so as to make it applicable in Brazil in the future. The MVN model was more appropriate in the consistency and validation analysis of the methods; this phase depended on mortality data from SIM to be conducted. After obtaining information on the educational levels of the dead, rates of mortality by age, sex and education were estimated using coefficients obtained by Poisson regression. The results show significant educational gradient in mortality, especially for men and the city of São Paulo as compared to the state. An important point was the differential behavior in mortality by educational level with age. From the literature review, one of the hypotheses was a decreasing differential with age. However, the difference was almost constant by age. To further analysis, it is necessary to understand how transition of mortality has occurred in the state and how periodic measures may influence the results. It is important to understand the relationships between period, age and cohort to analyze the differential behaviors of educational mortality. Furthermore, the increased access to education which has elevated educational level of younger cohorts in Brazil should be taken into account. It should however be pointed out in these discussions, that they were not privileged in the thesis. Regarding the use of census to study differentials in mortality, results give an optimistic perspective. Meanwhile, there is an expectation to improve the coverage and quality of information on the educational levels of SIM. Census can be an important source for the studies of socioeconomic and mortality differentials offering other features that can complement the analysis of the effect of education.
metadata.dc.subject.other: São Paulo (Estado) Censo demográfico
Mortalidade São Paulo (Estado)
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/FACE-AKWJ6C
Issue Date: 8-Aug-2016
Appears in Collections:Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_vers_o_biblio.pdf2.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.