Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/MCCR-6VSR7S
metadata.dc.type: Dissertação de Mestrado
Title: Alocação intradomiciliar de renda e mortalidade na infância: uma análise segundo as diferenças de gênero no Brasil, 2000
metadata.dc.creator: Radoyka Sobreira Ferreira Preza
metadata.dc.contributor.advisor1: Eduardo Luiz Goncalves Rios Neto
metadata.dc.contributor.referee1: Diana Reiko Tutiya Oya Sawyer
metadata.dc.contributor.referee2: Ana Maria Hermeto Camilo de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee3: Roberto do Nascimento Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação tem como objetivo descrever o efeito da variedade das relações de gênero no Brasil sobre a mortalidade infanto-juvenil combinando insights etnográficos como a homogamia por raça e educação com a análise econométrica. Foram utilizados os microdados do censo 2000 relativo a mulheres em união nas faixas etárias de 15 a 34 anos de idade. Esta seleção foi baseada na técnica de Brass para mortalidade infanto-juvenil onde a idade de morte do filho depende do grupo etário materno. Desta forma, as famílias intactas foram reconstituídas de acordo com o grupo etário das mulheres. Como parte desta seleção, foram separados os filhos nascidos vivos que vieram a morrer daqueles que sobreviveram através de uma distribuição logística. Em seguida, foram comparados os cônjuges segundo os seus rendimentos provenientes de pensões e transferências do governo, pois estes não incorporam as horas trabalhadas no mercado de trabalho apenas a alocação do tempo domiciliar. Por fim, foi avaliado se a presença de um cônjuge alternativo no mercado de casamentos através de um parâmetro externo aos domicílios, a razão de sexos, poderá colocar em cheque a dissolução da união aumentando o poder de negociação para o cônjuge em escassez no mercado matrimonial.
Abstract: This dissertation aims to describe the effect of variety of gender relations in Brasil on the infant mortality by combining ethnographic insights with homogamy by race and education with econometric analysis. I used micro data from the 2000 Census pertaining to women in union aged 15 to 34 years of age. The present selection is based upon the Brass Technique for infant mortality in which the sons death age depends on the mothers age group. Thereby, the intact families were reconstituted accordingly to the women's age group. As part of this selection, live-born children who have expired were separated, through a logistic distribution, from those who survived. Following, there was a comparison between the spouses according to their incomes originated from pensions and welfare, since those do not incorporate worked hours in the labor market, but just the allocated domicile time. Finally, it was evaluated, through an external parameter to the domiciles, whether the presence of an alternative consort on the marriage market, at sex ratio, may risk the union and increasing the power of negotiation for the spouse who is in scarcity in the marriage market.
metadata.dc.subject.other: Brasil População Aspectos economicos
Demografia Brasil
Mortalidade infantil Brasil
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/MCCR-6VSR7S
Issue Date: 29-Mar-2006
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
radoyka_sobreira_ferreira_preza.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.