Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1843/SMOC-9VTPKE
metadata.dc.type: Tese de Doutorado
Title: Avaliação de risco à presença de resíduos de avermectinas na carne bovina sob Inspeção Federal associada às práticas de produção pecuária no Brasil entre 2002-2013
metadata.dc.creator: Soraia de Araujo Diniz
metadata.dc.contributor.advisor1: Joao Paulo Amaral Haddad
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Cláudia Valéria Gonçalves Cordeiro de Sá
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Monica Maria O Pinho Cerqueira
metadata.dc.contributor.referee1: Lilian Viana Teixeira
metadata.dc.contributor.referee2: Pedro Lucio Lithg Pereira
metadata.dc.contributor.referee3: Cíntia Silva Minafra e Rezende
metadata.dc.contributor.referee4: Ana Cristina Passos de Paiva Bello
metadata.dc.description.resumo: O Brasil possui grande importância na produção animal sendo a bovinocultura um dos principais destaques no cenário mundial atendendo a várias exigências dos mercados externos. Com o segundo maior rebanho efetivo comercial do mundo o Brasil é líder nas exportações de carne bovina. Para oferecer um produto seguro ao seu consumidor, o país vem aumentando seus esforços para mitigar o risco da presença de resíduos de drogas de uso veterinário em produtos de origem animal, entre esses resíduos a avermectina tem papel importante, visto que sua presença acima dos limites permitidos internacionalmente impede que o país exporte sua carne principalmente para países com mercado consumidor mais exigente, causando embargos econômicos importantes. A avaliação de risco é uma ferramenta que ajuda na identificação e quantificação do risco da presença de resíduos, mitigando o risco para a saúde do consumidor. Os objetivos desse trabalho foram identificar e caracterizar o risco de presença de resíduos de avermectinas na carne bovina de forma descritiva e geoespacial a partir das informações do banco de dados do Programa Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes (PNCRC) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Propor um modelo preditivo associado às características das propriedades produtoras de carne para o risco da presença de avermectina de dois questionários fornecidos por uma indústria produtora de carne. Podemos observar pelos resultados que a ivermectina foi a base que mais apresentou detecções e violações quando comparada com as outras bases analisadas, o maior número de detecções e violações se concentrou no ano de 2006 e nos períodos de maio a junho coincidindo com os calendários de vacinação para Febre Aftosa e de aplicação de antiparasitários. A análise espacial demonstrou que o risco de encontrar resíduos de avermectinas na carne é de 4,4 vezes maior para detecções e o de violação é 6,5 vezes maior. Os aglomerados de risco se concentrou nos estados São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, respectivamente. Esses estados estão associados a um maior número de propriedades produtoras de carne pertencentes ao sistema intensivo o que implica em um maior adensamento populacional de animais e provavelmente de parasitas, demandando maior utilização de antiparasitários. Os modelos criados para associar as práticas agropecuárias ao risco de violação de avermectinas na carne demonstraram que propriedades que compram mais de 10 % de animais associados à utilização de antiparasitários longa ação com período de carência superior a 28 dias são as que têm a maior chance de apresentar violação e aquelas que possuem identificação individual e manejo adequado foram as que estavam mais associadas a fazendas sem problemas com avermectinas. Podemos concluir que as boas práticas agropecuárias e o uso das ferramentas de análise espacial e modelos multivariados podem auxiliar na identificação de propriedades com maior risco de apresentar problemas com resíduos.
Abstract: Brazil has great importance in animal production and cattle raising one of the highlights on the world stage serving various requirements of foreign markets. With the second world's largest commercial herd effective Brazil is a leader in beef exports. To provide a safe product to its consumers, the country has increased its efforts to mitigate the risk of residues of veterinary drugs in animal products between the waste avermectin plays an important role, since its presence above the limits internationally allowed prevents the country to export their meat mainly to countries with more demanding consumer market, causing important economic embargoes Risk assessment is a tool that helps in identifying and quantifying the risk of residues, mitigating the risk to consumer health. The objectives of this study were to identify and characterize the risk of presence of avermectin residues in beef descriptive and geospatial form the National Program database information Waste Control and Contaminants (PNCRC) of the Ministry of Agriculture, Livestock and Supply (MAPA).In addition to proposing a predictive model associated with the characteristics of the meat producing properties for the risk of the presence of avermectin two questionnaires provided by a producer of meat industry. We can see the results that ivermectin was the basis that showed detections and violations compared to other analyzed, the highest number of detections and violations concentrated in 2006 and during the periods May-June coinciding with the vaccination schedules to FMD and application of antiparasitic drugs. Spatial analysis showed that the risk of detection and observe violation of avermectins in the flesh concentrated in the states São Paulo, Parana, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul and Minas Gerais, respectively. These states are associated with a greater number of meat-producing farms belonging to the intensive system which implies a higher population density and probably animal parasites, demanding greater use of antiparasitic drugs. Models created to associate the agricultural practices of the risk of violation of avermectins in the flesh showed that properties they buy more than 10% of animals with the use of long-acting antiparasitic with a grace period exceeding 28 days are those with the greatest chance of submit violation and those with individual identification and appropriate management were the ones that were more associated with farms smoothly with avermectins. We can conclude that good agricultural practices and the use of spatial analysis tools and multivariate models can help identify higher risk properties to have problems with waste.
metadata.dc.subject.other: Ciência Animal
metadata.dc.language: Português
Publisher: Universidade Federal de Minas Gerais
metadata.dc.publisher.initials: UFMG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/1843/SMOC-9VTPKE
Issue Date: 27-Feb-2015
Appears in Collections:Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_vers_o_final_soraia.pdf1.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.